ACMA | Descobre um Hobbie que te preencha e torna-o num Hábito Feliz



Uma das coisas que ao longo destes quase 7 anos de Lolly Taste sempre gostei na blogosfera são as partilhas e parcerias genuínas entre blogs e que, com o passar dos anos, comecei a sentir que se foram perdendo. Portanto, assim que descobri o ACMA (A Cultura Mora Aqui), que tem como objectivo reunir um grupo de diferentes bloggers a debater um tema mensal procurando enquadrá-lo dentro do seu próprio registo, os meus olhos brilharam.

Ora, eu quis logo alinhar nisto. Não só porque adoro escrever mas também porque me permite conhecer novos projectos. E não é que na minha estreia no ACMA o tema não poderia ser melhor?

Hobbies: é exactamente sobre isso que vos irei escrever hoje e, se vamos falar de Hobbies, vou ter de falar daquele que é provavelmente o Hobbie a que mais me dedico, o desporto, e, acima de tudo, dar-vos algumas dicas de como tornar um Hobbie num hábito feliz.




Vocês sabem que eu amo treinar. Faço Crossfit numa box no Restelo e treino outdoor com um grupo na praia. Treino 5 vezes por semana, seja Inverno ou Verão e sim, levanto-me a horas algo insanas para muita gente (6 da manhã!) porque é a única hora em que me sinto com energia suficiente para. Mas, obviamente, nada disto aconteceu de um dia para o outro e das coisas que mais me perguntam é como consigo eu ter esta motivação diária para sair da cama 2 horas mais cedo. A a minha resposta é simples: paixão.

Acredito seriamente que para fazermos qualquer coisa como deve ser temos mesmo de sentir prazer no que fazemos e, se para mim ir ao ginásio já foi uma seca, depois que descobri a maravilha que é irmos vendo a nossa evolução física, o melhorar de capacidades e, obviamente não sendo hipócrita, o corpo ficar mais bonito, aquilo que começou como um hobby que me ajudou a perder peso e a equilibrar as minhas compulsões, hoje em dia tornou-se acima de tudo um hábito feliz e terapêutico.

Como é óbvio, não vos vou mentir a dizer que não há dias em que me apetece ficar na cama, que acordo sempre cheia de boa disposição ou que até não tenha um ou outro dia que não acabe por ficar na ronha, mas, no geral, depois de perceber o quanto este hábito me faz bem fisicamente e mentalmente, tudo acaba por ficar mais fácil e, como sei que estamos a chegar a Abril, as vossas cabeças já só pensam no Verão. Acima de tudo, sei que há muita gente que se debate com a preguiça e o pouco gosto por ginásios. Então, vou dar-vos algumas dicas express para que se possam apaixonar tanto como eu por este hobby que é o exercício e torná-lo num hábito saudável que só vos fará bem.



1. Escolhe uma modalidade que te apaixone


Quem me segue por aqui, sabe que desde 2012 que estive num ginásio onde comecei por aulas de grupo e depois descobri as maravilhas da musculação, que foi o que fiz até ao ano passado, altura em que me desencantei com o que andava a fazer. Ao procurar novas modalidades, descobri o Crossfit e o grupo Outdoor, deixei o ginásio e hoje sou extremamente grata pela decisão que tomei.

Ora, eu defendo que se tens um trabalho ou estás a estudar isso é a tua obrigação, aquilo a que não podes faltar mesmo que te apeteça. Agora quando decides ocupar o teu tempo livre com alguma coisa ou é algo que realmente te dá prazer ou então vais arranjar todas as desculpas do mundo porque sabes que não és obrigada a nada. Eu sei que os ginásios acabam por ser práticos mas não são a última coca-cola do deserto e, se tu não te identificas com ginásios, há imensas formas de exercício que podes fazer. O meu conselho é: experimenta muito.

Antes de te comprometeres com o que quer que seja, faz aulas experimentais, visita espaços, vê se te identificas com o conceito e depois escolhe aquilo que é o melhor para ti e não só porque é conveniente, perto de casa ou porque todos que conheces andam ali. Dou-te um exemplo: eu moro na linha de Cascais, o meu grupo de treino Outdoor é perto de casa, mas a box de crossfit é no Restelo e eu vou para lá para treinar às 07.15 da manhã. Se haviam boxes mais perto? Haviam, mas foi com esta que me identifiquei, foi nesta que me senti mesmo bem depois de experimentar outras, por isso foi aqui que fiquei.

Depois, como já partilhei, tens tanto grupos de treino Outdoor, como podes correr se gostares, fazer natação ou até danças que estão tão na moda hoje em dia, mas acima de tudo tens de te identificar com a modalidade que escolhes para não te boicotares :)

2. Vai com calma


Sim, eu sei que quando decidimos começar a fazer exercício há toda uma moral elevada, estamos super excitados com tudo, fazemos mil promessas que este ano é que é, mas, vai por mim que já ando nisto há alguns anos, essa moral mais cedo ou mais tarde passa e, se exigires demasiado de ti logo ao início, vais desistir rapidamente.

Imagina que não treinas, que estás parada há uma série de meses (ou anos). Não queiras começar já a ir todos os dias e horas infinitas (até porque, se me lês, sabes bem que o segredo não é treinar muito tempo mas sim com intensidade), porque vais acabar por desmotivar, principalmente quando o teu corpo tiver ali uma fase em que parece que está meio adormecido e não responde a estímulo nenhum. Para além disso, corres o risco de te lesionar.

Achas que eu acordei um dia e disse: "vou começar a acordar às 6 da manhã para treinar às 7"?
Óbvio que não. Quando eu decidi que me dava mais jeito treinar, comecei a colocar o despertador para as 07.20. O ginásio era relativamente perto e eu entrava no trabalho às 10, portanto treinava das 8 às 9 dia sim, dia não, depois tomava um banho rápido e ia trabalhar. Estive assim uns meses e aos poucos fui colocando o despertador para mais cedo e aumentei a frequência de treinos para o que faço hoje em dia.



3. Não te martirizes se falhares


Como já te expliquei acima, isto é um Hobby, certo? Ninguém te vai cobrar se foste treinar e, acima de tudo, tem que ser algo para te fazer sentir bem, para conseguires desligar da vida agitada que todos temos e para cuidares de ti. Portanto não tem de haver constrangimentos ou sentimentos de falhanço se pura e simplesmente há um dia que não te apetece ir porque o sofá é mais apetecível.

Óbvio que se o sofá se começar a tornar apetecível vezes demais estás a começar a dar voz à preguiça, mas não há nem tem de haver problema porque simplesmente hoje não te apeteceu treinar. Fazer exercício tem de ser prazeiroso e não stressante OK?

4. Estabelece metas realistas


Sim, eu sei que para além de todo o bla bla bla de fazer exercício porque faz bem à saúde, a verdade é que todos nós, de uma forma ou de outra, temos ideais de beleza que gostávamos de atingir. Mas, tal como eu estou constantemente a dizer por aqui, convém que esses ideais não sejam utópicos ou corres o risco de pura e simplesmente achar que nada disto vale a pena e desistes.

Pensa uma coisa comigo: imagina que decidiste agora em Abril começar a treinar mas que não o fazes há imenso tempo e pelo meio acumulaste umas gordurinhas. Achas que é saudável, e acima de tudo realista, quereres em 2 meses (sim, sim, eu sei que estás a pensar no Verão) queimar tudo aquilo que andaste a acumular ao longo de todo este tempo? Esforça-te sim, mas não queiras perder 10 quilos num mês porque isso não vai ser saudável, vai esgotar-te e vai levar-te a pensar que o exercício que fazes não chega e portanto desmotivas. Como te disse acima, vai com calma, respeita o teu corpo, abraça a modalidade que escolheste mas acima de tudo não queiras dar um passo maior do que a tua perna.


E pronto, penso que vos consegui deixar algumas dicas importantes de como se apaixonarem verdadeiramente pelo exercício e tornarem este hobby num hábito que vai de certeza mudar a vossa vida para muito melhor. Se tiverem mais dicas, deixem-nas nos comentários para ajudar quem está agora a descobrir as maravilhas do exercício.

Se gostaram deste projecto espectacular que é o ACMA e querem juntar-se, basta enviar um email para acma.cultura@gmail.com. Aproveitem também para visitar a página de Facebook do projecto e conhecer os restantes participantes neste blog.

23 comentários :

  1. O post está muito bom :)
    Mas as fotos estão fantásticas! :D

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh :) obrigada pelo carinho :)

      beijinhos

      Eliminar
  2. É um hobbie que também quero adotar mas não tem sido nada fácil! Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. então é seguires aos poucos estas dicas e vais ver que consegues :) beijinhos

      Eliminar
  3. Hobbies assim são sempre bons! Eu sai agora a pouco tempo do ginásio e tenho andado louca com isso. Quando acabar o curso queria começar mesmo um desporto a sério :D

    http://ayellowrain.blogspot.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sem dúvida, hobbies que nos fazem bem à mente e ao corpo hehehe :)
      Podes sempre treinar em casa, há imensos vídeos e programas na net, não vale é parares :)

      beijinhos

      Eliminar
  4. Adoro a ACMA porque nos aproxima :) Adoraria juntar-me ao grupo da praia, não fossem tão longe de mim, mas quem sabe. Um beijinho, és uma inspiração!

    thebrunettetofu.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tens de vir num feriado experimentar um treininho, vais adorar :)

      Eliminar
  5. Depois de ler isto tudo só tenho uma coisa a dizer: és um exemplo incrível. Espero que o meu gosto pelo exercício cresça e que um dia se transforme nesta paixão!

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. muito obrigada cátia e espero ter-te motivado :) beijinhos :)

      Eliminar
  6. Eu bem queria. Mas o tempo e curto... tristeza.
    Óptimo post :)

    Beijinhos,
    www.pirilamposemarte.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. podes sempre arranjar uns 20 minutos em casa, há imensos programas e vídeos de treino na internet e 20 minutinhos bem feitos fazem muito bem :)

      beijinhos

      Eliminar
  7. Olá Vânia, excelentes dicas! Comecei a treinar há cerca de 4 anos em casa quando deixei de fumar, passado uns meses inscrevi-me no ginásio e foi o melhor que fiz. Há mais de 3 anos que faz parte da minha rotina semanal (4x por semana). Como é bom ver-nos evoluir fisicamente, melhorar a nossa saúde e ao mesmo tempo deixar de lado, por momentos, as preocupações do dia-a-dia. E é como dizes, quando há vontade, há sempre tempo para treinar! Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. cada vez gosto mais de saber que as pessoas se estão mesmo a apaixonar pelo exercício e que apesar das vidas sempre atarefadas conseguem arranjar um espacinho para treinar :) E que boa mudança foi essa de deixares de fumar :) parabéns :)

      Eliminar
  8. Tempo e vontade. Precisamos de ambos. Se a par disso tivermos paixão, é perfeito. bjs

    ResponderEliminar
  9. Gostei de ler e gostei das tuas dicas (= eu também me levanto às 6h30 da manhã, mas é mesmo para trabalhar =p mas, como tenho alguns dias de folga durante a semana, é quando aproveito para ir ao ginásio. Acho super importante ter metas realistas (;

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. o importante é não nos acomodarmos e a verdade é que não é necessário ir ao ginásio todos os dias (até porque o descanso é muitooooo importante) o que interessa é que quando se treina seja com intensidade e com verdadeira vontade.

      Metas realistas é mesmo das coisas que mais defendo porque infelizmente há muita gente a agarrar-se a utopias e depois acontecem disparates.

      beijinhos

      Eliminar
  10. Gostei imenso do post! Acho que partilhaste ótimas dicas e gostei bastante da ideia de "transformar um hobby num hábito feliz"; a par disso, as fotos estão muito giras e kinda inspiradoras! Bem vinda ao ACMA!

    Um beijinho,
    Bia do Bookaholic.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh Beatriz muitoooooo obrigada pelo carinho :)
      adorei participar e venham mais vezes.

      beijinhos

      Eliminar
  11. Parabéns pelo post, está muito bom! Mas acima de tudo, parabéns pela dedicação que demonstras ter com o desporto! :)

    Beijinhos
    Daniela
    Blog | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar