Eu não quero emagrecer



Este ano a passagem de ano foi diferente do habitual, foi muito calma, serena, passada num sítio lindo e só a dois, mas sobre a passagem de ano vou falar-vos noutro post, o importante de tudo isto foi quando acordei dia 1 no meio de uma serra e dei por mim a reflectir sobre todos os objectivos que estabeleci para o próximo ano e percebi que pela primeira vez na minha vida eu não desejei emagrecer.

E caramba se isto meus amigos não é coisa que deva ser assinalada, afinal de contas tenho 31 anos e desde que me lembro como gente que o meu primeiro desejo de ano novo era sempre o mesmo: Eu quero e vou emagrecer x kilos no próximo ano.


Podem achar palerma mas eu sempre fui muito insatisfeita com o meu corpo, sempre vi demasiados defeitos e sempre me puni muito no fim do ano por não estar na melhor forma de sempre, depois prometia a mim mesma que o ano seguinte ia ser o ano mais saudável e fit de sempre e recomeçava tudo outra vez. Reconhecem-se?

Então o que é que mudou? Acho que acima de tudo foi perceber que depois de anos e anos em dietas nunca foi um número que me deixou feliz, porque eu já tive muito peso e já tive pouco peso, já desejei ter 15% de massa gorda e cheguei lá, já desejei pesar 50 kilos e cheguei lá e em nenhum momento eu me senti mais feliz.

Acima de tudo o que mudou foi a minha percepção do meu próprio corpo, perceber acima de tudo que não é um número que me vai deixar mais ou menos feliz porque sejamos sinceras eu peso normalmente 54 kilos (agora estou com mais dois mas sem stress) portanto nem de longe nem de perto sou gorda e perder mais peso só me deixa com a cara demasiado magra e com ar de quem passa fome, portanto conseguir perceber que não é um número que me vai trazer felicidade mas sim conseguir manter uma rotina linear de treino e alimentação sem me punir quando peco deixa-me com a certeza que apesar de ainda estar longe de me sentir 100% equilibrada relativamente às minhas compulsões estou definitivamente mais perto do que estava há um ano atrás.


Porque a verdade é mesmo esta, em 2017 quero melhorar a minha técnica e resistência nos treinos, quero ficar mais forte, quero equilibrar-me e deixar de viver numa montanha russa de emoções com a comida, quero viajar, dançar, ler e estar com os meus e se há coisa que tenho a certeza é que no próximo ano: Eu não quero emagrecer. 

3 comentários :

  1. Querida, como eu queria também pensar assim. Infelizmente não consigo parece que é algo mais forte do meu pensamento. quem sabe um dia eu também vou pensar assim.
    Lenir

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. fica mais fácil quando deixamos de nos focar em números e passamos a estabelecer objetivos realistas. Força para ti e um grande beijinho

      Eliminar
  2. Que orgulho em ti! Que grande grande orgulho! Ao fim destes anos todos ainda consegues surpreender-me! Fico muito feliz que penses dessa forma!

    ResponderEliminar