6 desejos para 2017



E se na quarta foi dia de fazer um balanço deste ano hoje chega a minha lista com alguns desejos para 2017. Apesar de cliché acho que faz parte encarar o início do ano como uma boa forma de tentar fazer reset de certas coisas, deixar para trás coisas mais negativas e tentar acreditar que podemos fazer melhor e diferente. 

Uma vez que 2016 não foi na sua totalidade um ano muito feliz para mim, confesso-vos que estou super confiante de abraçar o novo ano com um sorriso gigante e com vontade que este seja mais feliz, portanto aqui vai a minha lista de desejos para 2017.


1.Equilibrar-me 

Já falei aqui várias vezes que a minha relação com a alimentação e exercício andou muito estranha e obsessiva e que depois de um valente susto que apanhei fui obrigada a acalmar. 2016 marcou também o regresso das minhas compulsões alimentares e este é um aspecto que tem vindo a ser trabalhado desde que assumi este meu problema. 

Termino o ano num caminho mais linear do que há uns meses atrás mas tenho noção que ainda preciso de trabalhar muito o meu lado emocional e mais permissivo que me leva muitas vezes a compensar com comida muitas frustrações. Para 2017 quero acima de tudo equilíbrio, comer com prazer e voltar a sentir-me segura de todas as minhas escolhas alimentares. Sem dietas, sem detox, sem noias, porque tal como publiquei aqui no próximo ano o meu lema é #porum2017SemNoias. 

2. Tornar-me melhor atleta

2016 trouxe-me a descoberta do crossfit e fez-me apaixonar por esta modalidade de tal forma que me deixou com vontade de participar numa competição no final do ano. 

Óbvio que ainda tenho de comer muita sopa e treinar muito para chegar ao nível de certas raparigas que admiro profundamente mas digo-vos do fundo do coração que um dos meus grandes objectivos para o próximo ano passa exactamente por melhorar a minha técnica e perfomance nos treinos e quem sabe não conseguir participar na competição que tenho em mente. É um grande desafio mas eu estou disposta a lutar por ele. 

3. Ler mais

Eu sempre gostei de ler mas nos últimos anos este meu prazer andou bastante esquecido até que há uns meses logo após a morte do Pablo decidi pegar num livro que tinha em casa e comecei a ler à noite antes de ir para a cama. 

A verdade é que não só retomei um prazer antigo como notei que as minhas noites andavam mais descansadas pois em vez de estar agarrada ao telemóvel até tarde passei a dedicar uma meia hora antes de me deitar à leitura. Já terminei esse livro, tenho outro pronto na mesa de cabeceira para iniciar em 2017 e tenho um objectivo algo ambicioso de tentar ler 1 livro por mês vamos ver se consigo. 

4. Desligar-me mais do online

Este desejo vem no seguimento do anterior. A minha vida está muito ligada ao digital. Eu sou webdesigner e nos últimos anos tenho trabalhado mais directamente com redes sociais portanto passo muito tempo em Facebook, Instagram, Snapchat etc e gosto efectivamente do que faço. O problema é que tenho noção que houve uma altura da minha vida em que estava demasiado agarrada ao telemóvel e começou a fazer-me muita confusão portanto comecei a desligar-me aos poucos.

Desde Agosto altura em que o Pablo morreu que decidi não tocar mais no telemóvel a partir das 22h, não tenho notificações de nada com som e a partir dessa hora o meu telemóvel entra em modo nocturno e se ao início provocava-me alguma confusão agora já estou mais do que habituada. Depois dei o passo seguinte que foi não levar o telemóvel para o quarto e por isso comprei um despertador. Para 2017 quero fazer 1 dia inteiro sem telemóvel (vou escolher o domingo) e só o vou usar em caso de necessidade, sei que também é um grande desafio mas estou disposta a tentar. 

5. Blogue, Blogue e mais blogue

2016 foi o regresso ao blogue e foi bem bom, o blogue cresceu bastante nos últimos meses e o feedback que tenho recebido tem sido incrível por isso para 2017 quero continuar a partilhar com vocês tudo o que me vai na alma da forma mais honesta e genuína que já vos habituei por aqui. 

Claro que não vos posso prometer que não vou ter uma qualquer crise e decidir deixar de escrever, quem já segue o blogue desde 2010 sabe que eu sempre defendi a honestidade e que nunca gostei de escrever para encher chouriços portanto quando estou numa fase dessas prefiro parar o tempo que for preciso, mas para já não se preocupem que a inspiração e a vontade de partilhar conteúdo são enormes e eu vou continuar por aqui. 

6. Mais cinema, mais música, mais voluntariado mais sorrisos

Depois de ter tido todos os altos e baixos alimentares e da morte tão prematura do Pablo acabei por me fechar muito em casa este ano. Treinava, trabalhava mas de resto acabei por descurar coisas que sempre gostei de fazer seja o meu voluntariado na maravilhosa UPPA ou fazer tantas actividades que sempre me deram prazer como por exemplo sair para dançar com os amigos de sempre. 

Para 2017 quero efectivamente deixar esta nuvem negra que me assombrou durante muito tempo, dedicar-me às pessoas e actividades que gosto e aproveitar muito mais tudo o que a nossa linda cidade tem para oferecer. 

E pronto penso que tenho aqui 6 desejos bem jeitosos e que me vão dar algum trabalho, vamos ver se daqui a um ano vou poder dizer que consegui alcançar alguns ou quem sabe todos :)  Por agora fica a certeza que vou receber 2017 de braços e coração aberto num sítio lindo com a melhor companhia. 

1 comentário :

  1. Muita força para esses desejos se concretizarem! És uma força da natureza! Olha eu nem sei bem que metas tenho para este ano mas o teu post já serviu para me por a pensar ��

    ResponderEliminar