6 desejos para 2017



E se na quarta foi dia de fazer um balanço deste ano hoje chega a minha lista com alguns desejos para 2017. Apesar de cliché acho que faz parte encarar o início do ano como uma boa forma de tentar fazer reset de certas coisas, deixar para trás coisas mais negativas e tentar acreditar que podemos fazer melhor e diferente. 

Uma vez que 2016 não foi na sua totalidade um ano muito feliz para mim, confesso-vos que estou super confiante de abraçar o novo ano com um sorriso gigante e com vontade que este seja mais feliz, portanto aqui vai a minha lista de desejos para 2017.

O meu balanço de 2016


Hoje é o meu último dia de trabalho deste ano e por isso decidi fazer um balanço, mas a verdade é que nem sei bem como classificar este 2016 que foi a meu ver um ano extremamente estranho para mim e muito conturbado. 

Morreu muita gente conhecida este ano, houveram demasiados atentados que despoletaram ainda mais o medo de andar no meio de multidões e vemos centenas de pessoas a morrer todos os dias em Aleppo numa guerra que não é deles. O que sinto neste 2016 é que o mundo está efectivamente mais triste e um lugar muito estranho para viver e apesar de procurar manter-me activa na defesa de causas em que acredito cada vez mais percebo que a maioria das pessoas está completamente embriagada no seu próprio ego. 

O meu 2016 foi como disse um ano muito estranho, não vou dizer que foi o pior ano da minha vida porque afinal de contas tenho trabalho, tenho uma casa, tenho saúde e uma família muito feliz mas posso dizer que foi um dos anos mais difíceis e duros que já tive.

#porum2017SemNoias




Este foi um ano com muitos altos e baixos a nível alimentar, foi um ano acima de tudo onde assumi muitas fragilidades e dei voz a medos e inseguranças que me assolam às vezes mas que me trouxeram também muitas pessoas a partilharem as suas próprias histórias comigo e a agradecerem-me por ter decidido falar sobre compulsão alimentar, ataques de pânico ou bulimia

Foi um ano que começou com muita punição, com muito exercício, com um plano alimentar extremamente rígido que me levou a um corpo excelente mas a um completo desequilíbrio psicológico, foi um ano onde dei 100 passos para trás depois de ter começado a reeducação alimentar em 2013 mas que também me mostrou que é possível voltar ao caminho correcto. 

O meu milagre de Natal é uma bonita história de amor


Milagres de Natal é sobre eles que falo hoje aqui no blogue porque por mais incrédulos que estejamos com o mundo de vez em quando há coisas que acontecem e nos provam que vale mesmo a pena continuar a acreditar seja no que for. 

Foi em Agosto deste ano que perdi um dos seres mais preciosos da minha vida, perdi um amigo, perdi um companheiro e perdi acima de tudo um membro da família de uma forma muito cruel e injusta, a dor que tomou conta do meu corpo e da minha mente nos meses seguintes é completamente indescritível.

Não te foques numa percentagem

Dezembro 2016 @vaniafromlollytaste 

Há uns tempos atrás quase numa onda de começar a fazer um balanço deste ano que está quase a terminar dei por mim a pensar que grande parte da minha vida fui completamente obcecada por números e senti-me bastante triste por causa disto. 

Até 2013 a minha fixação era com o peso, tinha porque tinha de pesar 51 ou 52 quilos no máximo e quando passava desse valor começava a dar-me um fanico, depois quando fiz aquela fatídica avaliação em Setembro de 2013 que acusou 29% de massa gorda o foco mudou para outros números e tornei-me obcecada com a minha percentagem de massa gorda e massa magra. 

Koh Tao



Este post estava prometido já há muito tempo mais concretamente desde que vos falei aqui sobre a maravilhosa ilha de Koh Samui, mas a verdade é que relembrar Koh Tao é para mim uma sensação agridoce pois a saudade e o fascínio por aquele lugar são gigantes.

Das 3 ilhas que já conheço na Tailândia - Koh Ngai em 2014, Koh Samui e Koh Tao em Julho deste ano, sem dúvida que esta última foi a que mais me marcou pela sua incrível beleza.

É uma ilha pequena, com um acesso dificultado por estar cheia de subidas e descidas em estradas de terra, mas a sua beleza natural faz-nos sentir no meio de um filme do indiana Jones e foi claramente a ilha onde estive com a água mais transparente de sempre.

Ficaram curiosos? Venham então dai comigo.

Healthy Christmas List #2

Imagem via pinterest

Como vão essas compras de Natal? Já despacharam tudo ou ainda nem começaram? É incrível como o tempo passa e hoje estamos oficialmente a 15 dias do dia de Natal. 

Eu despachei a maioria dos meus presentes a meio de Novembro e deixei outros tantos para a black friday onde aproveitei bons descontos, mas como sei que existem muitas pessoas que gostam de levar à letra o ser um típico português e deixar tudo para a última trago-vos várias sugestões.

E se na primeira lista vos sugeri produtos mais relacionados com a alimentação, desta vez trago-vos uma mão cheia de opções para os desportistas lá de casa que vão de certeza agradar a quem pratica exercício e quem sabe não acabam por inspirar aquele familiar mais sedentário a mudar o seu estilo de vida no próximo ano.

Chega de poções mágicas


Estamos numa época perigosa, mais comida, mais doces, mais tentações, muitos jantares e eu sei bem o que isto tudo nos faz à cabeça, especialmente no pós. Acredita que sei profundamente o que é sentirmo-nos inchadas, cheias de prisão de ventre ou excesso de gases - lamento não é glamoroso mas é verdade - por todas os excessos que cometemos nas férias ou nestas épocas festivas e depois de muito nos auto flagelarmos sabemos que temos de agir antes que aquelas perigosas calorias se alojem para sempre nas ancas e no rabo.

Sim, sim sei muito bem o que é isto e sei bem o que é começar a olhar para todos os produtos de tão fácil acesso e começar a pensar duas vezes naquele drenante que até é tão fácil de beber, ou num cházinho milagroso para queimar gordurinhas.

Super Humanos #1 - Filipa Laginha, Presidente da UPPA


Para dar o pontapé de partida ninguém melhor do que uma pessoa que admiro profundamente, pela coragem e pelo verdadeiro amor que nutre pelos animais. É sem dúvida uma Super Humana e por isso é com ela que inauguramos com muito orgulho este projecto. 

Saibam mais sobre a Filipa e a UPPA abaixo: 

Projecto Super Humanos - Introdução

imagem via flickr

Nasce hoje um dos projectos mais bonitos que já tive por aqui, nasce hoje o fruto de uma ideia simples que me surgiu num qualquer momento e que me pareceu fazer todo o sentido para este espaço. E nasce hoje, porque hoje é o dia internacional do voluntariado e é exactamente sobre isso que este projecto se trata. 

Vocês sabem que sou uma orgulhosa voluntária da UPPA há 3 anos, sabem que visto a camisola pela causa animal e procuro dar o melhor de mim pelo que acredito, mas também sabem que defendo muitas outras causas, nomeadamente o projecto Amélia que me tocou há uns meses de uma forma especial.