5 coisas que aprendi ao perder peso




Sim desde aquela miúda gordinha com muito pouca auto-estima, até à mulher que há 3 anos decidiu fazer reeducação alimentar e que apesar de ter aprendido muita coisa, não deixou de descarrilar este ano e conseguiu admitir que estava com problemas em conseguir controlar as compulsões, vai um mundo de distância, mas entre muitos altos e baixos nesta caminhada há coisas que efectivamente eu tenho aprendido com tudo isto.

E são essas coisas que eu acho que valem mesmo a pena partilhar, mesmo que não sejam fáceis de ler e que nos mostrem que este tipo de caminhada nunca é linear, sinto-me verdadeiramente grata por tudo o que tenho aprendido, e se há uns meses eu odiei-me por ter falhado neste projecto de me amar e procurar o melhor para mim tendo tomado decisões idiotas, hoje em dia estou numa fase tão boa comigo própria que consigo olhar para trás e perceber que foram aquelas quedas que me tornaram muito mais forte hoje em dia, capaz de sentir orgulho nesta barriga mesmo que não seja lisa e definida e acima de tudo capaz de me olhar ao espelho e sorrir. 

Posto isto cá vamos nós:


1. Tudo depende de ti.

Esta é provavelmente a maior verdade. Podes munir-te do melhor nutricionista, inscreveres-te num super ginásio e teres ao teu lado um excelente PT, se não tens força de vontade, foco e acima de tudo disciplina para seguires o teu plano alimentar, para não faltares aos treinos mesmo que chova ou faça frio e acima de tudo para teres a capacidade de admitir perante todas estas pessoas que a culpa do plano não estar a resultar não é deles, mas sim de todas as vezes que deste só uma facadinha, garanto-te que nunca vais sair do mesmo sítio. A verdade é só uma, todos estes profissionais dão-nos as ferramentas para podermos construir o nosso caminho, mas o trabalho duro tem de ser nosso. 

2. Falta de tempo não é desculpa. Quando se quer consegue-se.

Pois esta é outra verdade irrevogável. O dia tem 24h e se fores a pensar o tempo que muitos de nós perdemos nas redes sociais, vais ver que bem gerido conseguias aplicar isso a uma hora de treino. Acorda mais cedo e vai treinar, se não tens possibilidades de ir para um ginásio, porque não o fazes em casa? E a hora de almoço? Já pensaste em procurar um ginásio perto do teu trabalho e rentabilizar essa hora? Para quem tem filhos, sabiam que há muitos ginásios e boxes de crossfit que vos deixam levar as crianças? Enfim, volto a dizer o dia tem 24h e se as soubermos gerir dá para tudo. 

3. Emagrecer demora tempo.

Falo de emagrecer com qualidade, onde se come várias vezes ao dia e todas as refeições têm os nutrientes necessários para manter o corpo funcional, não de dietas detox em que bebem suminhos durante 3 dias e depois de perderem muita água e massa muscular, estão mais magras e mais FLÁCIDAS, isso ou encharcarem-se em comprimidos que só vos emagrecem a carteira.

Emagrecer com saúde dá muito trabalho e requer paciência, especialmente quando nem tens assim tanto a perder, o corpo é esperto e ao final de um tempo habitua-se à quantidade de comida que lhe dás, portanto se lhe dás pouca ele queima pouco para se resguardar. É preciso ter calma e aceitar que vão haver alturas em que simplesmente nada acontece, faz parte, não é a melhor coisa de se ler mas é mesmo a verdade. 

4. Pesares-te todos os dias é só idiota.

Mesmo que existam mudanças, a grande maioria delas tem mais a ver com o estado de hidratação e de retenção que o teu corpo tem do que propriamente perda de peso. Pensa só numa coisa, para se perder 1 kilo tem de se queimar qualquer coisa como 7700kcal por semana, portanto achas mesmo que ao pesares-te todos os dias vais chegar a alguma conclusão, ou vais só entrar em modo paranóia? Depois não te esqueças que o músculo pesa mais do que a gordura, portanto muitas vezes a balança dá-te um número maior mas tu estás muito melhor a nível corporal. Queres ver resultados? Tira fotos e medidas de 15 em 15 dias e vai-te pesando de vez em quando sem noias ok?

5. Se perder peso é difícil, mantê-lo é ainda mais

Oh diabo, se isto não é das afirmações mais certas de sempre. Sim, nós sabemos que fazer dieta não é fácil, mas para mim o pior é mesmo quando chegamos ao desejado e depois temos de o manter, principalmente porque muitas pessoas acham que depois de alcançarem o peso desejado vão poder voltar a comer como antigamente e está totalmente errado. Se começas a fazer uma dieta tem de ser acima de tudo para trocares os teus hábitos por outros novos, mais saudáveis e que te dão resultados, portanto porque haverias de querer voltar aos antigos? Equilíbrio é provavelmente a coisa mais difícil de se conseguir numa manutenção de peso, mas é certamente a mais importante para manteres aquilo que tanto te custou a alcançar. 


E vocês têm mais dicas que queiram partilhar, sobre esta aprendizagem? 

5 comentários :

  1. Parabéns por todo o caminho que percorreste e parabéns também por teres conseguido aprender com este caminho e estares grata por tanta coisa!:)

    beijinhos
    Another Lovely Blog!, http://letrad.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelo teu carinho Daniela :) um grande beijinho

      Eliminar
  2. Belas dicas! Especialmente o de não pesar regularmente, acho o pior comportamento para quando se quer recuperar de distúrbios alimentares.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mesmo, eu antigamente chegava a pesar-me duas vezes por dia, imagina só, hoje em dia as fotografias são as minhas melhores amigas.

      Eliminar
  3. parabéns pela conquista :) está linda! (não que não o fosse)
    beijinhos

    ResponderEliminar