Cheat Meal...Really?

Resolvi falar deste tema porque hoje em dia muito se fala nestes dois termos -  refeição lixo ou dia do lixo. O conceito disto diz que devemos ter uma alimentação muito regrada e depois num dia a nossa escolha que normalmente calha ao fim‑de‑semana temos uma refeição com tudo o que mais gostamos ou em alguns casos dá-se o grito do ipiranga e é o dia inteiro a enfardar calorias atrás de calorias. 

Os entendidos na coisa dizem que isto serve para mexer com o metabolismo quando se está numa dieta mais restrita em que comemos sempre o mesmo, fazendo com que o metabolismo não se habitue tão facilmente a alimentação que temos, eu vou dar-vos a minha opinião pessoal e sinceramente acho só que é meio caminho andado para o descalabro total.

Uppaliana da semana: Belinha


A miúda que vos trago hoje é muito especial para mim, chama-se Belinha e é a minha afilhada. Depois do meu querido Lord de quem fui uma orgulhosa madrinha durante 3 anos, ter sido finalmente adoptado por uma boa família, decidi apadrinhar esta gigante beijoqueira que já estava no meu coração há muito tempo. 

A verdade é que é impossível não gostar desta miúda, é grande e o amor que dá é em total proporção ao seu tamanho, garanto-vos que não há ninguém que lhe fique indiferente na UPPA, e ela sabe bem disso quando recebe todas as pessoas com sessões intermináveis de furiosas lambidelas. 

A coolness da Tail Wag



A todos os animal lovers este post é para vocês. Já conhecem a Tail Wag? Se não, nem imaginam o que andam a perder, porque se querem que os vossos patudos estejam sempre estilosos seja nas coleiras ou nas trelas é com a Tail Wag que vão conseguir isso. 

A Tail wag, é uma marca 100% portuguesa handmade de acessórios para os nossos patudos.  Tudo na marca é giro, os padrões são maravilhosos e as fotos que tiram com a linda Samoa Kai são de ficar a babar ( já seguem a Samoa no facebook, se não, tem mesmo de seguir) e ainda por cima é tudo boa gente que ama mesmo os animais. São padrinhos do querido Rocky da UPPA e nesta nova coleção fizeram uma coleira linda de morrer chamada Rocky.

Projecto Amélia - Review


Em Abril fiz este post, sobre o trabalho irreprensível de Fernando Pinho e do seu Amelia Project, que procurava ajudar crianças com cancro no Myanmar, ajudando no transporte, pois a maioria da população não tem dinheiro para pagar a deslocação ao único hospital que pode ajudar estas crianças, e as famílias que conseguem juntar dinheiro fazem-no em autocarros muito lotados que chegam a demorar 4 dias a chegar ao destino. 

Como estar focado na dieta



Faço-te uma pergunta muito simples, quantas vezes já começaste uma dieta e desististe ao final de algum tempo? São muitas as pessoas que vão dizer que sim, até porque eu própria antes de mudar a minha alimentação vivia a começar e a não acabar dietas de tudo e mais alguma coisa. Fiz tudo, restringi hidratos de carbono a níveis muito preocupantes, contei calorias, fiz a dieta da sopa, da salada e de mais mil coisas, deixei de comer coisas que gostava por achar que engordavam (estive anos sem comer bananas por exemplo), mas depois de em 2013 finalmente ter dado início a uma verdadeira mudança interior e exterior, a minha relação com a comida e a forma como me mantenho na linha mudou muito, por isso decidi trazer algumas dicas que usei na altura e que me ajudaram (e ainda ajudam) a manter-me no caminho certo.

La Memoria



Continuando por Roterdão, decidi partilhar com vocês o maravilhoso Bed & Breakfast onde ficámos alojados na vila de Barendrecht, a 15 minutos de carro do centro de Roterdão. Sei também que há autocarro até ao centro, por isso para quem quer ter uma experiência mais rural e pitoresca esta é mesmo uma exclenete opção. 

Vamos até Roterdão




A semana começa por aqui com uma viagem até Roterdão, estivemos por lá em Abril e não podia ter sido melhor escolha. 
Sempre tive uma grande curiosidade com esta cidade, conheci Amesterdão em 2014 e gostei bastante, enquanto lá estivemos era nossa intenção dar um pulo até Roterdão, mas com o passar dos dias percebemos que seria um pouco apertado por isso optámos por não o fazer. Até que este ano surgiu a oportunidade perfeita e por isso lá fomos nós. 

Roterdão é muito diferente de Amesterdão, e muito possivelmente é isso que torna Roterdão tão especial. É calmo, é amplo e muito menos "crowdy" tanto em turismo como em bicicletas. Quem já esteve em Amesterdão sabe o quanto é difícil andar na rua sem estar constantemente com medo de ser atropelado por uma bicicleta, em Roterdão elas também existem mas acho que em menos quantidade e as pessoas são menos intempestivas a pedalar. 

Tops de desporto


Já aqui assumi que roupa de desporto é das coisas em que gasto mais dinheiro e desde que passei a treinar com mais regularidade e de forma mais intensa, acabei por investir mais em soutiens de desporto.

Confesso que antigamente não ligava grande coisa, achava mesmo que era um abuso dar tanto dinheiro por uma peça destas e acabava sempre por comprar os mais baratos, mas a verdade é que a idade traz-nos sabedoria e o nosso peito é das zonas que mais sofre com o impacto do desporto, portanto é mesmo importante ter um bom suporte nesta zona.

Combater as dores musculares


Dores musculares, essas malditas que nos deixam K.O durante algum tempo, e que fazem muita gente pensar se vale a pena ir treinar para depois ficar dorido. Há uma certa ideia de que as dores musculares são típicas de quem começa a treinar e a verdade é que uma pessoa estando parada, ao começar o corpo não está habituado a certos estímulos e acaba por ficar dorido mais facilmente, depois com o tempo vamo-nos habituando e é por essa razão que é sempre importante estarmos atentos quando nos sentimos demasiado confortáveis com um treino. No entanto não significa que para um treino ser eficaz tenham de ficar sempre doridos. 

Para além disso, tanto para quem começa como para quem já treina regularmente é muito importante ter acompanhamento, seja de PT seja de funcionários que todos os ginásios têm para ajudar, pois levantar pesos ou usar máquinas sem uma boa postura é meio caminho andado para lesões e essas dores garanto-vos que são bem piores do que as dores musculares, para além de levarem bem mais tempo a passar.

Quando até a Pugliesi decide fazer musculação!


É porque afinal não é coisa só de homens e mulheres que querem ficar gigantes!

Falei sobre isto no snap na sexta feira passada (já me seguem por lá?) e não podia deixar de falar aqui, quando uma das rainhas do fitness, que é seguida por milhares de pessoas disse a semana passada que iria começar a praticar musculação. 

Fiquei em êxtase com isto, afinal de contas defendo a musculação há imenso tempo e sei que apesar de cada vez mais se falar sobre os benefícios da musculação, ainda há muitas meninas com medo de ficarem demasiado musculadas e por isso fogem a sete pés disto. Quem segue a Gabriela há mais tempo sabe que ela fazia musculação ao início, mas depois acabou por se interessar mais por treino funcional e deixou a 100% a musculação, dizendo que era um tipo de treino que não lhe interessava.

Crepioca



Tapioca é possivelmente dos ingredientes mais falados e amados do mundo fitness, muito por culpa das musas inspiradoras brasileiras que usam a Tapioca no seu dia a dia seja para começar o dia ou como refeição principal.

Cá em Portugal nunca foi muito fácil de encontrar tapioca já pronta e só agora é que começa a aparecer nas superfícies comerciais. O que sempre foi fácil de encontrar é polvilho azedo mas transformar polvilho em goma de tapioca pronta não é fácil e para além de dar muito trabalho muita coisa pode correr mal.

O ano passado tentei fazer esse processo, vi vídeos no youtube, comprei polvilho e deitei mãos à obra, mas efectivamente o resultado foi péssimo, fiquei com uma pasta que se colava em todo o lado e quando tentei colocar aquilo na frigideira, a única coisa que consegui foi queimar, portanto decidi desistir da ideia de fazer tapioca em casa

Vamos treinar na praia?


Gostam de treinar, mas não conseguem frequentar ginásios? Ou muitas vezes sentem-se desmotivados de treinar sozinhos? Hoje trago-vos uma sugestão de treino ao ar livre, são os Outsiders Gym, um grupo que mistura crossfit, treino funcional e força e  que todos os dias da semana se junta para treinar na praia de Carcavelos, com o mar como pano de fundo.

Conheci os Outsiders o ano passado algures em Julho. Como sabem faço crosstraining e treino de força no ginásio, mas decidi a convite de uma amiga ir experimentar treinar ao ar livre e apaixonei-me. O cenário é perfeito, praia, mar, ar livre, alguns treinos são na areia o que ainda torna tudo mais desafiante, os professores extremamente profissionais e sempre com treinos intensos, e a diversidade de material faz deste projecto, um dos mais bem conseguidos entre tantos grupos de treino que já existem.

Uppaliano da semana: Nené


Este é o Nené um simpático patudo com um pelo super macio, quase quase a parecer uma ovelhinha. É um cão lindo que já está na UPPA há muitos anos e que sem dúvida, merecia encontrar uma família que ligasse mais ao facto de ser um patudo maravilhoso e com tanto amor para dar, do que aos seus 10 anos. Como já aqui escrevi antes, cães adultos também merecem uma oportunidade e o Nené está há muito tempo a aguardar a sua.

Conheçam a história do Nené abaixo.