The Amelia Project


Foi a minha mãe que me falou deste projecto no início da semana passada, achou curioso ter o mesmo nome que ela, e sabendo que tenho um grande amor pela Ásia achou que eu teria interesse em saber mais, e achou muito bem.

The Amelia Project é um trabalho muito bonito iniciado por Fernando Pinho, que procura ajudar crianças com cancro no Myanmar, ajudando no transporte, pois a maioria da população não tem dinheiro para pagar a deslocação ao único hospital que pode ajudar estas crianças, e as famílias que conseguem juntar dinheiro fazem-no em autocarros muito lotados que chegam a demorar 4 dias a chegar ao destino, ou então quando chegam já não conseguem voltar porque não têm dinheiro para a viagem de regresso.

Sabem quanto custa uma viagem de ida e volta para o hospital? 25€. Se pensarmos que gastamos isto num jantar, ou numa peça de roupa deixa-nos a pensar sobre o verdadeiro valor do dinheiro.

Não conheço o Myanmar, mas estive há 1 ano e meio na Tailândia e no Camboja. O Camboja foi a grande surpresa da minha vida, bonito, inebriante, com uma beleza fora do comum, saí de lá com o coração apertado porque queria ter ficado mais e mais. O Camboja e Myanmar viveram guerras gravíssimas, que dizimaram a população e por isso apesar do muito turismo, apesar de possuírem dos mais belos monumentos são dos países mais pobres do mundo.



No Camboja deparei-me com duas realidades muito diferentes, aquela em que eu como turista era tratada como uma verdadeira rainha, e a realidade do meu guia que recebia apenas 20 dólares dos 70 que eu tinha pago ao hotel por uma visita guiada, para ainda dividir com o condutor. No camboja deparei-me com crianças a mendigar, a vender souvenirs a valores tão irrisórios para nós que foram várias as vezes que acabei por pagar mais porque quis e mesmo assim nunca em momento algum lhes vi um olhar triste ou amargurado. Sempre me disseram que uma das coisas que marca nesta zona da Ásia são os sorrisos, depois de lá ter estado posso garantir-vos que são dos mais sinceros e genuínos que existem.

E é assim que esta realidade vive paralela às nossas vidas neste mundo, países com uma riqueza natural e arquitectonica gigantesca, com uma taxa de turismo bastante elevada, mas que carecem de estradas em condições, e de coisas simples como transporte para um hospital. 

O objectivo deste projecto é conseguir transportar o máximo de crianças possíveis para o hospital para que possam receber o devido tratamento, e por isso durante 24 dias membros desta ONG e várias figuras públicas vão estar a viver no aeroporto como forma de sensibilizar quem passa para esta causa, representando de forma simbólica todos aqueles que querem fazer uma viagem para salvar o seu filho/a mas não o podem fazer por falta de verbas.



A partir de 5€, podem ajudar fazendo uma doação, através de transferência bancária ou paypal, vejam mais informações no site ou na página de facebook.Vejam também este vídeo.

Eu optei por ter menos um jantar fora este mês e já ajudei. Partilhem o projecto com mais pessoas, façam a vossa doação se puderem mas não sejam indiferentes a esta causa.

2 comentários :

  1. Ohhh é de ficar com o coração apertado :( Também já ajudei.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mesmo :-( obrigada pela tua ajuda.

      Eliminar