Partida, lagarta, fugida!


Estou por aqui. Voltei.

Curiosamente a última vez que escrevi aqui foi há um ano atrás, e sem uma razão aparente, sem ser premeditado volto a escrever no blogue exactamente um ano depois.

Não houve nada que despoletasse isso, simplesmente ontem enquanto ia para casa depois do trabalho senti verdadeiramente saudades disto. Há um ano atrás pensei em apagar o blogue, mas boas vozes amigas disseram-me para não o fazer, afinal já eram alguns anos disto, eu tinha sido feliz neste espaço e não fazia sentido apagar assim. Para além disso o que iria sentir eu se depois quisesse voltar?



Na altura disse com toda a certeza que não ia voltar, estava cansada da blogosfera, e sentia que o blogue era mais um fardo na minha vida do que propriamente um prazer. Resolvi seguir os conselhos e coloquei-o como privado, no entanto eliminei a página de facebook que já contava com uns 2000 e tal fãs.

O tempo passou e eu nunca senti saudades, voltei a colocar o blogue público em Outubro a pedido de umas amigas que estavam curiosas com o facto de eu ter tido um blogue e na altura depois de o explorarem disseram que eu devia voltar. Não lhes liguei, apesar de ter sentido uma espécie de quentinho no coração quando o vi novamente online, isso passou-me rapidamente e assim continuei a minha vida., até ontem...

Porquê ontem?
Não sei, não faço ideia, estava a conduzir para casa e lembrei-me do blogue,  um lembrar carinhoso, nostálgico e algo mudou aqui dentro. Cheguei a casa, abri o blogue, comecei a passear por tantos posts que aqui escrevi, são tantos em quase 6 anos de existência e os dedos começaram a fervilhar, no entanto decidi deixar ver se a coisa hoje ainda estava activa ou tinha sido um espasmo momentâneo de nostalgia.

Entretanto aqui estou eu, abri o blogue  novamente hoje de manhã, olhei para a data do último post e lá estava 12/02/2015, o fervilhar nos dedos continuou, o desejo de voltar a partilhar também e assim sendo um ano depois estou de regresso.


Tive alguns blogues antes deste, nenhum durou mais de um ano, nenhum me deixou um carinho tão especial como este, e mesmo que esta fase passe, mesmo que no próximo mês deixe de voltar a sentir esta profunda vontade de escrever,  o Lolly Taste será sempre o meu amor maior.

13 comentários :

  1. Ainda bem que voltaste! Mesmo :)
    Gosto muito deste espaço e de vez em quando ainda dava aqui um salto a tentar perceber se já terias voltado. Ainda bem que o fizeste! :)

    Beijinho,
    Diana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. querida Diana, muito obrigada pelo teu carinho .) beijinhos*

      Eliminar
  2. Bem vinda! Fazes falta :)
    AnaD

    ResponderEliminar