Healthy Tips


E o Natal já lá vai. Fui só eu que fiquei com a sensação que passou estupidamente rápido? 
Parece que ainda no outro dia andava a pensar no que dar às minhas pessoas e de repente olho e já estamos a dia 27, praticamente com o fim de ano à porta e mais um Natal terminado. 

Após esta época de normais excessos alimentares, é comum descer uma culpa sobre a maioria das pessoas, tanto que ontem e hoje o ginásio estava bastante cheio de manhã e a zona das passadeiras que costuma estar livre às 11 da manhã, estava completamente lotada já para não falar das aulas.

A verdade é que as pessoas pensam muito nos excessos que cometem nestes dois dias, mas esquecem-se de todos aqueles que cometeram ao longo do mês, e são esses sim que fazem definitivamente estragos e não estes dois últimos dias vividos em pleno.

A minha nutricionista deu-me alguns conselhos para viver o Natal e a passagem de ano em pleno sem remorsos e passam muito por:

1. Viver esta época não como se durasse um mês ou duas semanas, mas sim 4 dias, ou seja o Natal terminou no dia 25, portanto até dia 31 não há desculpa para continuar a comer como se andássemos em festa todos os dias.

2. O perigo não está na refeição que se fez no Natal e que se fará na passagem de ano, mas sim na mesa dos doces, portanto o segredo está em pegar num prato pequeno, escolher 6 sobremesas e ir degustando devagarinho cada uma delas (inclui frutos secos), depois de terminado não vale repetir. Não esquecer que as bebidas alcóolicas têm muitas calorias, em especial os licores, as brancas e o champagne.

3. Nos dias a seguir ingerir muitos líquidos, seja água ou chá, o que interessa é meter o organismo a trabalhar para eliminar as toxinas em excesso no nosso sangue. 
Para além disso aumentar o consumo das sopas, de preferência sem batata.

4. Por último e mais importante, fazer exercício. 
Esta não deve ser só agora mas sim o ano todo, no entanto para quem abusou um bocado no Natal, nada melhor do que uma actividade física para ajudar. 
Para quem está parado, porque não começar já uma actividade física em vez de esperar pela resolução de ano novo e pensar que até lá, cometem-se todos os pecados alimentares e depois é fechar a boca com o início do ano. 
Acreditem que esta forma de pensar não só vos vai fazer sentir piores nos dias a seguir, como geralmente custa muito mais do que fazer um processo gradual de começo de exercício e mudança na alimentação. 

Posto isto, por ai depois dos excessos natalícios como anda essa alimentação? Mais controlada ou continua em festa?

3 comentários :

  1. Gostei das dicas, eu nesta altura já ando controlada, até porque é mesmo isso, são só uns dias e não a desculpa para o mês inteiro.

    ResponderEliminar
  2. gostei muito desde post, muito útil veio na altura perfeita depois do natal. :)

    Giveaway <3 SHE WALKS Blog

    ResponderEliminar
  3. Não te preciso responder a isso, pois não? :/ bhaaa, mas mesmo assim tento controlar-me um bocadinho mais e lá está pensar que o Natal foram dois dias e a passagem de ano será um! Mas pronto.. vou-me inspirar em ti :P

    ResponderEliminar