Às voltas por Portugal #9




Algumas fotos cedidas pela Andreia. Restantes retiradas da internet.

Some pieces




1. O meu mialheiro criançola
2. Uns vão de comboio para o trabalho, outros correm no sentido oposto
3. Trabalho fora de horas
4. Gato arrumado no armário
5. Mariscada de fim de semana
6. Sol, praia e amor, combinação perfeita.

Gaspacho de Morango

Descobri o gaspacho de morango muito recentemente e tornei-me mesmo fã.
Adoro a sua frescura, o facto de ser muito fácil de fazer e sobretudo leve e perfeito para os dias mais quentes de Verão.
Para ser ainda mais perfeito é uma receita que conta apenas com 68 kcal.

Ingredientes
500g de morango
2 Maçãs verdes
8 Tomates cereja
1 Pepino
Vinagre balsâmico q.b.
Azeite q.b.
Sal q.b.
Manjericão q.b.
Água e gelo q.b.

Como Fazer
Retire a rama aos morangos, pele os tomates e remova-lhes as grainhas, descasque e corte em pequenos pedaços as maçãs e o pepino.
Coloque todos os ingredientes no liquidificador.
Tempere acrescentando um fio de vinagre e de azeite, uma pitada de sal e triture, durante alguns segundos, até obter uma consistência cremosa.
Se sentir necessidade acrescente um pouco de água.

Disponha em taças e, se desejar, decore com umas folhas de manjericão, previamente lavadas.
Sirva bem fresco e acrescente uns cubos de gelo para ficar bem fresco.

Lolly Taste sugere #3: Odios Obvios




Nutro um carinho muito especial pelo Odios Obvios, não fosse uma amiga uma das mentoras por trás deste projecto maravilhoso e que me faz acompanhar diariamente o tumblr à espera de novos ódios.

A ideia é simples, retratar coisas que são obviamente odiosas e que facilmente nos acontecem, pelas mãos de Begona Claveria e Rachel Sender. 

Sou uma fã assumida do trabalho da Bego, com quem tive oportunidade de estudar num curso que ambas tirámos e sempre achei que tinha um talento completamente absurdo. Adoro o seu género de ilustração e sobretudo a forma cheia de humor com que ela comunica, portanto assim que soube deste projecto tinha que partilhar com vocês e ajudar a que mais gente conheça um trabalho tão talentoso.

É possível comprar estes odios em A4, sendo uma excelente sugestão de presente diferente para amigos, eu já tenho debaixo de olho duas ilustrações para colocar no meu escritório.

Para ficarem a conhecer mais sobre este trabalho visitem o Facebook e o Tumblr e divirtam-se a ver uma série de situações que vos vão deixar a pensar: "Eu odeio mesmo isto".

Oh Zara




Tu e as tuas camisas floridas roubaram-me o coração.
Aquele blazer oriental também ganhou um carinho especial na minha mente.
No entanto este ano fiz um pacto de consumir muito menos e que tem corrido muito bem, portanto vou pensar no assunto e daqui a uns tempos veremos se o amor passou ou se ficou por cá.
A continuar creio que o desempate será entre a verde e a última.

De volta


Curioso como o último post que escrevi foi o do aniversário do blogue e depois disso desapareci durante uns tempos. 
Não foi propositado mas acabou por fazer sentido, não só porque tive algumas mudanças na minha vida a nível profissional, mas essencialmente porque me permitiu realmente pensar, se o blogue deveria ou não continuar.

Este Maio trouxe-me um grande upgrade profissional, algo que chegou muito ao acaso e que na altura me encheu um pouco de medo, mas depois de dar o primeiro passo só consigo ficar orgulhosa e feliz de ter conseguido chegar até ali. O reverso da medalha é que algumas coisas ficaram de pernas para o ar, especialmente a minha vida pessoal e todos aqueles guilty pleasures virtuais, como visitar os vossos cantinhos, dedicar-me  ao blogue  ou perder 5 minutos a vegetar no Facebook acabaram por ficar muito afectados devido à falta de tempo.

A verdade é que tenho alguns dias muito longos e sempre todos muito intensos, portanto quando chego a casa a horas normais a única coisa que me apetece é estar com os meus, é falar-lhes, olhar-lhes nos olhos e conversar, deixar de lado computadores, e perder-me na doce companhia de quem me ama, aproveitar o pouco tempo que há durante a semana para alimentar os laços reais na minha vida.

E é aqui que entra a continuação ou não deste espaço. 
Durante estas semanas afastada, passou-me várias vezes pela cabeça não voltar, terminar com este ciclo que tanto fez sentido numa certa altura mas que agora devido a outras prioridades tinha deixado de estar no topo da minha atenção, pois é indiscutível que tendo menos tempo para mim, prefira dedicar-me a outras coisas.

Esta decisão esteve mesmo para acontecer, tinha já previsto um post de adeus, até que alguém me escreveu para o instagram a dizer que sentia falta de mim por aqui, e foi ao ler isso juntamente com uma certa tristeza que esta decisão me estava a dar, que decidi não desistir do blogue. 
Saber que apesar de virtual se criam laços felizes, que nos tocam, marcam e nos fazem preocupar quando não temos notícias do outro lado, deu-me vontade de voltar a este pequeno projecto que ocupou uma boa parte da minha vida nos últimos 3 anos e já me permitiu conhecer pessoas maravilhosas.

Assim sendo estou de volta, não sei com que periodicidade mas por cá estarei enquanto me fizer sentido.

Posto isto obrigada Ana Couceiro :-)