Happy Girl ♥



Após 3 meses sem compras, esta camisola veio comigo para casa como presente de Páscoa da mãe. Desde que apareceu no site que me tinha apaixonado, gosto da simplicidade e da simetria mas decidi esperar para ver se não era uma paixão momentânea.

Entretanto sábado voltei à Zara (não me lembro da última vez que lá entrei) e assim que a vi percebi que o amor continuava, por isso a mãe decidiu oferecer (e que bem sabem estes mimos quando não estamos à espera). 

Depois de algum tempo sem compras, comecei a dar não só mais valor ao que tenho em casa (e descobri que tenho mais coisas do que imaginava), mas sobretudo mais valor aquilo que realmente se compra com vontade.

Não estou em nenhum desafio de x tempo sem comprar coisas, nem abracei uma nova filosofia zen, a vida encarregou-se de me ensinar nos últimos tempos, que é preciso dar muito mais valor aquilo que temos do que aquilo que mostramos e se querem saber, não é assim tão difícil.

Portanto esta nova fase veio para ficar, e como efectivamente a camisola foi um presente que eu não paguei, vamos lá para o 4º mês :-)

15 comentários :

  1. e quando se quer algo
    pensasse muito bem
    eu também não estou em nenhum desafio, tenho é pensado muito... antes de comprar

    ResponderEliminar
  2. Sem dúvida!
    Faço o mesmo desde que vivo uma fase muito traumática da minha vida. Foi muito mau, tu sabes, mas cresci imenso. Deixei de ter necessidades consumistas para as substituir pela valorização pessoal e daquilo que tenho na minha vida. Cultivo todos os dias nesse sentido.
    grande beijo querida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sim compreendo-te tão bem minha querida, e a verdade é que estas fases menos boas acabam por nos trazer grandes ensinamentos e este é mesmo um deles, perceber que há coisas mais importantes do que trapos:-)

      Eliminar
  3. Que bom. Eu acho que também estou a entrar numa fase dessas. Tenho gasto mais dinheiro em beleza, é um facto... Mas não tenho comprado roupa nenhuma. Ando a namorar um blazer na Zara que nunca vem comigo... Nem sei. Mas é verdade, aprendemos a valorizar o que temos e só compramos aquilo que realmente gostamos ou que faz falta! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. sinceramente pensei que me fosse custar mais, mas a verdade é que depois do primeiro mês uma pessoa começa a esquecer-se da coisa. sinceramente passo muito tempo sem visitar sites de lojas porque acabo mesmo por me esquecer e a verdade é que quando visito já olho para as coisas de outra forma, enfim acho que faz parte de sermos crescidos e estabelecer prioridades:-)

      Eliminar
  4. Tens muita razão. O meu pai está sempre a dizer que devemos comprar quando temos a certeza que gostamos e que vamos dar uso. Gosto de compras mas acho que sou bem racional a comprar, não trago tudo comigo e penso sempre duas vezes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é mesmo importante pensarmos assim, até para nos podermos precaver se momentos piores que possam surgir quando menos esperamos:-)

      Eliminar
  5. Parabéns à mãe pela oferta e à filha pelo bom gosto! Bjs

    ResponderEliminar
  6. A nossa conversa :)
    Também tenho pensado nisso, depois de termos tocado neste tema e já sabes, continuo na mesma e feliz.
    Quem se rege por comprinhas e futilidades, nunca consegue ser completamente feliz.
    Há mais do que isso :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é isso mesmo minha querida, a verdade é que quando nos apercebemos que há coisas que não nos fazem assim tanta falta é muito mais fácil de gerirmos a nossa vida e aquilo que nos rodeia. beijinhos

      Eliminar
  7. Depois de entrar nesta nova fase da minha vida aprendi a controlar-me nos gastos relacionados com roupa... não deixei de comprar mas reduzi bastante as compras que faço... uma ou duas peças por mês se tanto! Prefiro comprar menos, mas melhor e peças que façam a diferença! E prefiro mais mais ser assim! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é verdade andreia uma casa traz sempre outras responsabilidades e temos mesmo de fazer escolhas, lá está faz parte de ser crescido:-) beijinhos grandes*****

      Eliminar
  8. eu sempre comprei com conta, peso e medida. só compro o que posso e quando posso, e se não consigo comprar nada durante meses (como acontece várias vezes), não fico de todo stressada ou preocupada ou o que quer que seja.
    também não compro mais caro porque nem sempre faz sentido nem é necessariamente melhor. sabe bem comprarmos aquela coisinha que queremos mas de facto "é preciso dar muito mais valor aquilo que temos do que aquilo que mostramos", esta foi a melhor frase que pudeste escrever e para mim, faz TODO o sentido =)

    ResponderEliminar