Filmes do Fim de Semana


Ora bem este era daqueles filmes, que à partida eu sabia que iria transmitir a ideia de Estados Unidos salvadores da pátria. O filme tem acção, tem uma boa realização, e tem sobretudo uma história que necessitava de ser contada, o final de uma era, o final de algo que marcou para sempre o mundo, no entanto peca por tentar humanizar demasiado a coisa, centrando tudo na personagem Maya, uma mulher completamente obcecada por Bin Laden. 

O maior problema para mim, é Jessica Chastain que não tem a força suficiente que esta personagem requeria e mesmo nas partes em que supostamente está zangada, a coisa não convence.

No entanto há bons momentos no filme, o pré-Obama com as famosas torturas a presos que vieram depois público, e a cena final com a captura de Bin Laden (coisa que para mim ainda hoje está muito mal contada), estão muito bem filmadas e conseguidas. 



O grande vencedor do Fantasporto despertou-me interesse pela sua história. A verdade é que este filme começa bem, começa mesmo muito bem o que nos dá a sensação que estamos de facto perante um excelente filme de terror. 
A visão das miúdas a viverem sozinhas na cabana durante 5 anos, a parte inicial quando lá chegam e tudo o que acontece é de nos deixar a respirar mais rápido, não só a sequência de cenas é arrebatadora, como a interpretação de duas miúdas tão pequenas é fenomenal.
O filme tem uma boa base, o problema é que se começa a perder lá pelo meio e o final, é talvez das coisas mais patetas que eu já vi em filmes do género.

Ontem falava com um amigo que também viu o filme e que disse que o problema destes filmes com orçamentos maiores é que acabam por se perder em patetices e a coisa acaba por descambar.

Quanto a personagens destaco Jessica Chastain, que se no filme em cima não convence, neste tem uma actuação muito forte e que nos vai fazendo acreditar que a coisa pode melhorar. 
Para além dela, as duas miúdas estão brilhantes, principalmente a mais pequena que em certas alturas chega a ser demasiado assustadora.

O filme está longe de ser mau, e tem muitos momentos de nos deixar mesmo agarrados à cadeira e com o coração a mil, portanto para quem gosta do género é interessante de ver. 

7 comentários :

  1. Ainda não vi nenhum dos dois filmes. Confesso que estou bem mais ausiosa por ver o Mamã, embora não seja bem o meu género de filme de eleição, tenho muita curiosidade :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. é um filme interessante sim, tem algumas falhas mas vale a pena:-)

      Eliminar
  2. No "Mamã", até os empregados da sala de cinema contribuem para o ambiente de arrepiar os espectadores (private joke)!!!Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ahahahahah confere sim senhor :-)

      Eliminar
  3. O 1º está na minha lista, este último não conhecia.

    ResponderEliminar
  4. Achei que o Zero Dark foi um bom filme. Não favorece em demasia a América, algo que me agradou e gostei da prestação da menina. Posso até concordar contigo, que ela em alguns momentos não tem força suficiente, mas portou-se bem.
    Estou curiosa em relação ao segunda, apesar das péssimas críticas que já li.

    ResponderEliminar
  5. Aqui estão dois filmes que quero muito ver! Agora só me falta é o tempo! :P

    ResponderEliminar