Diz que sim....









que as férias estão a chegar, e as minhas vão ser assim, com praia, piscina, muitos gelados, spa e muito amor.

Preciso sobretudo de descansar mentalmente, depois de ter estado dois anos sem férias (entenda-se férias mais de 2 dias juntos sem contar com o fim-de-semana), portanto a autora deste blog vai para o merecido descanso do guerreiro e o blog também.


Beijinhos e até Setembro

A Love Story


Splitscreen: A Love Story from JW Griffiths on Vimeo.


Porque todos nós temos ou já tivemos uma:-) E Porque a vida com amor é muito mais fácil!

Less is More









este é um dos casos em que o lema se aplica na perfeição.
Uma identidade simples e graficamente bem conseguida. As cores, o lettering e sobretudo o material tornam-na completamente irrepreensível. Gosto mesmo! Do estúdio filthy.

Ela cresceu




















e está absolutamente linda. Charlotte Casiraghi posou pela primeira vez para uma revista, e a eleita para a estreia foi a edição de Setembro da Vogue francesa. Fotografada por Mario Testino, Charlotte surge deslumbrante num estilo simples que lhe realça ainda mais os traços exóticos de menina-mulher.
A verdade é que apesar de Stephanie e Carolina serem bonitas, o Mónaco não brilhava tanto desde a icónica Grace Kelly.

Owl Handbags









Malas da modelo e actriz Greta Cavazzoni que passou os últimos 20 anos a trabalhar no mundo da Moda, desde Paris às capas da Vogue. As suas colecções de malas são inspiradas nas qualidades femininas que mais admira: sabedoria, independência, sensualidade e a elegância intemporal de estrelas do cinema italiano como Sophia Loren.






Animal House by Christopher Raia












No meio de algumas Newsletters que recebo sobre diferentes temas, hoje vinha uma com os produtos Animal House do estudio Christopher Raia. Já conhecia o trabalho, até porque a colecção "Greens Kitchen Tools" (a primeira foto) está à venda nas lojas àrea. Gosto do conceito, de quebrar os estereótipos de acessórios para o lar completamente chatos e sem interesse. Eu cá era menina para ter um de cada.

Confortável com flats



A minha paixão por sapatos rasos existe desde sempre. Eu sei que um salto alto marca sempre a imagem de uma mulher, no entanto mais que gostar de saltos é preciso saber andar neles, pois se há coisa feia são mulheres que a qualquer momento parece que se vão desconjuntar do alto dos seus 10 cms.

Eu cá gosto do conforto de umas sabrinas, uns oxford, ou umas sandálias rasas, e a verdade é que hoje em dia existem milhares de opções, desde as mais simples às mais arrojadas e que nunca nos deixam ficar mal. E as sabrinas mouse do Marc Jacobs fazem-me babar!