WEDGES KILL ME


Ando um bocado louca com as Wedges. São giras, confortáveis e fazem a perna parecer infinita. Adoro-as, quero-as e hoje vi umas na Zara muito parecidas com as da foto mas sem os atacadores. Morri quando as vi, devo ter ficado com "psico look" e a babar-me pelo cantinho da boca.

No entanto tive que as largar, porque custam 55€, e eu estou um bocado falida, por isso...NO MONEY, NO WEDGES" :-(


“Everything Ages Fast”






Trabalho efectuado pela agência Moma em São Paulo, para promover o Maxmidia o maior evento de Comunicação da América Latina. A ideia foi criar um conjuntos de cartazes vintage, para mostrar a evolução da nossa velocidade de comunicação e compartilhamento de informações.
A campanha “Everything Ages Fast” apresenta situações irreais num mundo retro.


Adoro :-)

Estou de luto....



O meu prato de estimação partiu-se....

Partilhámos toda uma infância e juventude juntos...

Serviu-me grandes refeições...

O meu prato às flores, cheio de lascas e rachado ao meio...para muitos era quase uma arma...para mim um eterno companheiro de refeições...

Faleceu hoje às 20.45...

Fica em paz meu amigo....

Back from Spa:-)

















Voltei de um fim-de-semana revigorante. O Hotel fica situado no topo de uma colina, ao lado do castelo e possuí uma vista interessante. Fomos muito bem tratados no Hotel, o Spa é maravilhoso, e a massagem foi divinal. Não há fotos do Spa, porque estava mais interessada em chapinhar na água do que registar o Jacuzzi, o banho turco ou a piscina. Assim sendo...

1º Eu e o Miguel chegámos à conclusão que o GPS representa na perfeição a diferença entre homens e mulheres. Estávamos fartos de ouvir a Carla a dar indicações, porque ela fala, e fala, e fala, então mudámos para o Celestino que simplesmente é quase mudo, resultado, esquecemo-nos que o GPS estava ligado e a meio da viagem ficou sem bateria e nós sem indicações. Para ajudar ainda mais à festa, o isqueiro do carro está avariado e não dava para ligar o cabo de bateria para recarregar a porra do GPS, assim sendo tivemos que chegar ao hotel por adivinhação.
2º Chegámos à conclusão que Castelo Branco é uma cidade fantasma. Não há ninguém na rua. Estão todos escondidos em casa ou metidos no supermercado Modelo.
3º Anúncio colocado em algumas árvores: “FESTA DA ESPUMA COM DJ RICHIE” – No comments
4º O Hotel era porreiro, o Spa também, mas havia dois seres insuportáveis que nos tiraram do sério. Ela era parva por natureza e fazia birra porque queria o banho turco, o jacuzzi e a piscina só para ela. O namorado tinha um ar de tótó tão grande e só dizia sim amorzinho. No meio disto, estávamos nós dentro do banho turco a ouvi-los falar do lado de fora coisas como: “Fogo ainda são os mesmos, já estou farta de esperar, devem pensar que é tudo deles”, no entanto é de notar que o banho turco dava para 4 pessoas. Ela amuou e foi para a sauna, ele fica feito totó à espera, nós saímos e a Vânia atira para o ar: “Agora já podem fazer uma festinha no turco e lançar confetes”. A partir dai o totó olhou para nós com ar ainda mais totó
5º Fartei-me de nadar na piscina e descobri que apesar de já alguns anos não praticar natação, contínuo a saber dar aquela cambalhota à “pró” quando se chega à ponta da piscina, e ainda sei nadar todos os estilos correctamente. Estive a ensinar o Miguel a respirar. Um dos grandes problemas das pessoas se cansarem a nadar é respirarem mal. Na natação é ao contrário, respira-se pela boca e expira-se pelo nariz. Posto isto, vou voltar à natação em Setembro, lá ao pé do meu trabalho.
6º Tínhamos míni bar no quarto. Com bebidas e chocolate. Comi o chocolate, era o mars. Custava 1.50€. Fomos ao modelo, comprámos 4 por 2€ e voltámos a colocar o chocolate no míni bar
7º Sábado não tínhamos o jantar incluído Fomos a um restaurante chamado muralha. Comemos muito bem. Bebemos ainda melhor. Resultado: Apanhámos uma bebedeira brutal e acabei a deitar água em cima de mim, dizia eu que era como Miami.
8º Domingo de manhã levámos uma massagem divinal. Descobri que tenho uma dor nas costas, que me dói imenso. O mais fantástico é que não me queixei, ela descobriu a dor A massagem nos pés quase que me fez adormecer, e na coluna até me senti tonta. Pareciam vinte mãos a mexer-me. QUERO MAIS!!! O Miguel também está mal da lombar.
9º Fomos ao Museu à tarde. Fomos expulsos do museu. Entramos às 17.00, o museu fechava às 17.30, não nos disseram que a visita demorava no mínimo 45 minutos e muito menos que aquilo tinha um segundo piso. Estávamos a curtir a arqueologia, quando as 17.10 um homem diz: “É melhor andarem rápido, porque o museu fecha as 17.30”, ainda estamos a dizer OK, e desligam-nos as luzes...Ficamos às escuras numa sala cheia de menires.O piso de cima foi visto a correr e sempre pressionados pelo homem. Cada sala que passávamos eram logo desligada. No fim reclamámos.
10º O pacote que comprámos para este fim-de-semana, incluía todas as refeições de Domingo e uma garrafa de champanhe. Jantámos no hotel, bebemos vinho, e raposeira...Acabámos bêbados, na varanda do quarto a tomar banho de espumante, e a falar de aborto, prostituição e droga, bons temas para um debate alcoólico.
11º Voltei

Fui para o Spa



Eu e o Miguel vamos para um Spa este fim de semana, relaxar e ficar estendidos a levar massagens. Volto então terça!!

continuando...



No seguimento do post anterior, estou de facto farta de posts deprimentes e chatos, principalmente porque sou uma miúda extremamente animada, faladora e enérgica.
Obviamente que também tenho os meus momentos mais negros, no entanto tantos momentos seguidos estavam a começar a chatear-me à séria. O que mudou entretanto? Nada, no entanto é importante focar-me nas coisas positivas que se passam na minha vida.

1º: Terminei no início de Julho o meu curso de Web Design. Continuo a preferir o Design Gráfico, no entanto este curso deu-me novos conhecimentos e conheci pessoas muito interessantes.

2º: Ao fim de 3 anos larguei um emprego estável, mas que me fazia muito mas muito infeliz. Para muitos pode ter sido loucura, por causa da crise bla bla bla, mas para mim e para as pessoas que realmente se preocupavam comigo era já uma questão de sanidade mental e de infelicidade constante. Entretanto encontrei (ou encontraram-me☺), uma agência cheia de boa gente, almas dementes mas todos com um coração do tamanho do mundo, que me receberam de braços abertos, fizeram-me arregaçar mangas, mostrar o meu valor e acima de tudo darem-me uma sensação de felicidade gigante desde o primeiro dia que lá entrei. Assim é a Subsolo e assim são os meus colegas. Loucos mas fantásticos.

3º A minha mãe. Sim ela sofre de uma depressão, e há dias muito complicados de conviver com ela, no entanto, ela tem-me apoiado em tudo, foi das primeiras pessoas a dizer para eu largar o trabalho que me fazia infeliz e para lutar pelos meus sonhos e sei que procura o melhor para mim sempre, por isso, apesar de haver dias complicados, ela faz tudo por mim.

4º Miguel. Esse homem fantástico que preenche a minha vida à ano e meio. Gabo-lhe a paciência, por me conseguir aturar sempre com um sorriso na cara. Não vale apena alongar-me muito, porque poderia escrever um milhão de coisas e dificilmente conseguiria exprimir tudo aquilo que ele me faz sentir. É o meu homem e pronto!!!

5º Fiz anos ontem. 25. Muitos amigos se lembraram de mim. Aquele desenho em cima foi feito pelo meu colega André. Os braços no ar são para ajudar quando me engasgo☺

6º A minha querida avó. Essa senhora maravilhosa, a quem dedico muitos posts neste blog e que nos deixou fisicamente há 3 anos. Apesar de continuar a ter muitas saudades dela, e desta situação continuar a mexer muito comigo, tenho que lhe agradecer por me ter feito muito feliz enquanto esteve comigo☺

E pronto..

Definitely i'm tired of depressing posts☺

Tired of depressing posts




Inspiração




Uma explosão de cores, um conforto para a alma e um alimento para a mente: "The Garden" by Joan Miró

Até Já!!!





Não vou escrever um drama sobre alguém que lutou até ao fim...

Não vou ver o contraluz só porque o António aparece a falar dele...

Não vou dizer que se perdeu um óptimo actor, porque seria desprezar todo o trabalho maravilhoso que este homem fez enquanto viveu...

Não vou dizer que ele merecia sair vitorioso, porque isso é inquestionável, no entanto, gostaria também que todos os que estão na mesma situação o conseguissem, afinal de contas todos os dias morrem pessoas com cancro...

Vou antes dizer até já, a alguém que perdeu uma batalha, depois de ter ganho toda uma vida recheada de bons momentos :-)