Este amor que me tenho já ninguém me tira



Eu nunca gostei de mim essa é a mais pura das verdades, sempre fui muito critica em relação ao meu corpo mesmo quando já não tinha excesso de peso e inclusive quando estive abaixo de um peso saudável. Sempre me vi como na primeira foto, sempre me vi gordinha, com pouca auto-estima e com medo de me fazer notar, com medo que alguém reparasse que a gorda estava ali e viesse gozar comigo. 

O facto de não gostar de mim fazia com que as aulas de ginástica fossem uma tortura.
Sim eu gostava de educação física e até tinha jeito para jogar à bola mas tudo o que metesse pinos, rodas e cambalhotas deixava-me desconfortável e apesar de eu nunca passar cá para fora estes medos eu tinha efectivamente pânico das aulas de ginástica. Sempre me senti frustrada de não conseguir fazer o pino, primeiro porque como vos falei neste post sobre o meu primeiro pino o ano passado, eu caí quando era miúda, magoei-me e fiquei com um grande trauma e depois porque com o peso que comecei a ganhar na adolescência ter de suportar o peso do meu corpo era muito complicado. Os pulsos doíam muito, eu não tinha elasticidade nenhuma e também não era lá muito ágil por isso as aulas de ginástica sempre me deixaram muito triste.

ACMA | 6 dicas para desfrutares de uma festa de casamento sem neuras

imagem retirada do pinterest

Este último domingo de Maio traz a minha segunda participação no ACMA  - A Cultura Mora Aqui - e se em Março falei-vos de como tornar um hobbie num hábito feliz, este mês o tema recaiu em Festas e Festividades. 

Quando a Ju partilhou este tema, confesso que andei um bocado aos papeis sem saber o que haveria de partilhar com vocês, porque na realidade apesar de estarmos a entrar numa época tipicamente de festas populares, eu gosto que as minhas partilhas se encaixem no conteúdo que já vos habituei e por isso, decidi puxar um bocadinho mais pela cabeça e surgiu a ideia para o post de hoje. 

A verdade é que o Verão é por excelência a época de casamentos, quem casa gosta de ter bom tempo e sol por isso, é normal que com a chegada de Junho, comecem também a surgir os primeiros casamentos, ora quem vai a casamentos sabe bem que são festas, onde normalmente são cometidos muitos excessos tanto a nível alimentar como de bebida e alguns deles desnecessários. 

Vocês sabem que eu sou apologista de equilíbrio e de desfrutarmos a vida por isso, não acho que alguém deva ir a um casamento a contar calorias ou a pensar constantemente que vai engordar, no entanto também acredito que este equilíbrio deve incluir um meio termo onde não há necessidade de comer como se o mundo fosse acabar amanhã. Primeiro, porque já sabemos que estes excessos no dia a seguir, só vão trazer arrependimento, choro, muita neura e ninguém merece sentir-se assim depois de ter estado no dia anterior a celebrar o amor de duas pessoas e depois, porque os excessos costumam trazer má disposição e vocês não vão querer ser lembradas, como a convidada que acabou o casamento com a cabeça na sanita. Posto isto e se vão ter uma festa de casamento este ano vejam as 6 dicas abaixo.

Passatempo do Bem com Kit de Cânhamo Iswari



Eu gosto de vos mimar essa é a mais pura das verdades. Gosto de vos agradecer por todo o carinho que recebo diariamente, pelas mensagens bonitas e pelos desabafos que algumas pessoas me enviam porque sentem que podem confiar em mim e tudo isto é o que me dá mais força e mais motivação para continuar a criar a cada dia que passa mais conteúdo para vocês.

E por tudo isto e muito mais decidi trazer-vos um passatempo, novamente com aquela que vocês já estão carecas de saber que é uma das minhas marcas de eleição - a super Iswari - que tem produtos maravilhosos para tornarem o nosso corpo e o nosso espírito ainda mais saudável.

Review do Livro Diz-lhe Que Não




Eu acredito no poder das palavras. Acredito que é possível mudar a vida de alguém, inspirá-la a dar um passo em frente ou simplesmente fazê-la pensar num certo aspecto da sua vida e dar-lhe força apenas com o dom da palavra.

Acredito nesta geração de mulheres (onde também me incluo) que procura dar continuidade ao trabalho que as nossas antepassadas tiveram para nos dar o poder de voto, a força de podermos escolher a nossa profissão ou simplesmente a certeza que chegar longe está acima de tudo nas nossas mãos. Acredito em mulheres que usam a escrita como um emporwerment e que se mantêm genuínas e fiéis aos seus valores.

E é exactamente aqui que entra o Diz-lhe que Não da Helena Magalhães que me fez interromper o Ikigai um livro incrível que andava a ler, para o devorar basicamente em 2 dias e terminar com a sensação que este é claramente um livro que precisa de ser lido por mulheres e homens, que traz consigo de forma humorística grandes chapadas de luva branca a este jogo que hoje em dia é encontrar uma relação que não se baseie em one night stand.

Desapega-te do medo. Apega-te à liberdade.




O ser humano é um ser de apegos e por isso apegamo-nos a muita coisa boa mas também apegamo-nos ao mau. 

Apegamo-nos às pessoas mesmo aquelas que muitas vezes falham connosco ou não nos fazem felizes simplesmente porque somos seres de hábitos e é mais fácil viver com o que se conhece do que com o não se sabe. Apegamo-nos aos objectos, apegamo-nos ao conforto daquilo que conhecemos, apegamo-nos a estar, porque estar onde se está mesmo que não nos faça feliz também não desilude, afinal já sabemos o que esperar dali.

Deliciosos Muffins de Espinafres e Banana





Cá estou eu com mais uma receitinha neste final de semana. Vocês sabem que gosto sempre de vos trazer receitas saborosas, rápidas e saudáveis e esta não é excepção.

E antes que comecem a torcer a cara a pensar se os espinafres foram boa ideia, garanto-vos que sim, não só pela rapidez com que estes muffins desapareceram lá de casa (até o meu gato Luke roubou um) como dei a provar a uma amiga que também gostou bastante.

O melhor destes muffins é que para além de serem realmente saborosos (acreditem em mim que é verdade) são extremamente rápidos de preparar por isso, são uma excelente opção se tiverem um lanche surpresa em casa ou simplesmente quiserem algo diferente como snack e não vos apetecer perder muito tempo na cozinha.